terça-feira, 17 de novembro de 2009

Bilros da Ilha da Magia



Olá, pessoal!
De 11 a 14/11/2009, houve aqui em Floripa, o "Encontro dos bois de Norte a Sul do Brasil" e nos pavilhões haviam muito artesanato Brasileiríssimo! Não eram bois de verdade; eram os bois bumbá, de mamão, bumba-meu-boi, etc, cada região recebe um nome! Numa das barracas, haviam rendeiras de Florianópolis. Eu conheço poucas senhoras que ainda fazem este tipo de trabalho, cheios de "teco-teco" (é o barulho que os bilros fazem ao se chocarem uns aos outros) e um emaranhado de fios que parecem que não tem fim! Mas o resultado é primoroso e digo com orgulho: Ainda vou aprender!

Um comentário:

  1. Olá querida Luciana, estou em divida contigo, mas eu vou pagar, prometo rs rs rs .
    obrigada pelo comentário no meu blog.
    vim retribuir e encontrei os bilros, quando era pequena também aprendi, mas agora já não sei nada.
    Aqui em Portugal é em Peniche, uma vila de pescadores e praias lindissimas que ainda se fazem estas rendas maravilhosas.
    Até há uma canção:
    Nunca foste,
    nunca foste a Penhiche,
    Nunca viste os farol,
    nunca viste as peixeiras,
    a fazerem renda ao sol.

    Beijinhos
    `Guida

    ResponderExcluir

Muito obrigada por sua visita! Volte sempre!