sábado, 30 de janeiro de 2010

PAP de "patchcolagem"

Bem, atendendo ao pedido de algumas amigas, venho hoje dar uma explicadinha básica de como fazer uma aplicação com o famoso papel termocolante.
Primeiro, lave um pedaço de tecido 100% algodão de sua preferência, seque e passe a ferro, para deixá-lo sem nenhuma ruga. Esta lavagem não precisa de sabão, só água, para retirar a goma do tecido.
Depois, escolha o motivo que quer aplicar e risque-o no lado fosco do papel. Eu escolhi a silhueta de um gato. E, lembre-se que alguns motivos necessitam ser desenhados "espelhados", ok? Este gatinho, por exemplo, eu quero que ele fique olhando para a direita, por isso, fiz o desenho para a esquerda.
Depois de desenhar o motivo, fixe-o no tecido, com ferro quente, mas não muito. O calor será apenas para unir o papel ao tecido.
Feito isto, recorte em cima da linha do desenho e retire o papel. O tecido ficará com a cola grudada nele, estando prontinho para ser aplicado.
Agora, é só colocar em cima de onde você deseja fazer a aplicação e passar o ferro quente novamente. Prontinho! Faça pontos caseados em toda a volta, capriche nos detalhes e aguarde os elogios!

Bons trabalhos!

sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

Presentes da Troca de Natal do grupo Artesanato e Solidariedade

Era para ser uma simples troca de cartões de natal, mas vejam vocês, tudo o que ganhei da amiga secretíssima Ana Sofia Cabral: pano de louça com um crochê super delicado, uma niqueleira e um cartão de natal, é claro! Fiquei muito feliz, principalmente por que estamos separadas pelo oceano atlântico: ela mora em Portugal! Muito obrigada pelo seu carinho, querida!

terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Bata

Pois saibam vocês que estamos com 34,6 graus! Neste exato momento, estou tomando água gelada com gelo! É que somente gelada não é o bastante para tanto calor! Estou até com dó da geladeira...
Ontem, no final da tarde, fiz esta bata em apenas uma hora! Não sei se o modelito é básico demais ou eu quem costurei rápido demais! De qualquer forma, não dá para imaginar outra combinação diferente de short/bata com tanto calor assim... Farei mais, pois gostei da velocidade de confecção e da simplicidade do modelo.

E vocês, gostaram?

domingo, 10 de janeiro de 2010

Pão Integral


Ainda na onda da alimentação mais caseira possível, continuo fazendo meus pães. Parei definitivamente com esse negócio de comprar produtos com a frase "tipo caseiro", pois descobrí que muitos destes produtos estão cheios de gordura hidrogenada e que por se dizerem "caseiros", ocultam esta verdade de nós, pobres consumidores. E, como gosto mesmo de amassar e sovar pão, até aposentei minha máquina! Para fazer dois pães como este, você vai precisar de: 3 e 1/2 xícaras de trigo integral, 1 e 1/2 xícaras de trigo branco, 01 envelope de fermento para pão, 1/2 xícara de sementes de linhaça,  01 xícara de cenoura crua ralada, 1/2 xícara de óleo de girassol, 01 colher de chá de sal e aprox. 02 xícaras de água morna. Misture os ingredientes secos, acrescente a cenoura e o óleo e 01 xícara de água morna e mexa com colher de pau. Acrescente mais água e comece a sovar até desprender completamente das mãos. Cubra com um pano e deixe descansar por 30 minutos. Depois, corte a massa em dois pedaços iguais, sove bastante e coloque nas formas para dobrar de volume. Asse em forno quente por aproximadamente 30 minutos. Cuidado para não queimar. Depois, baixe o fogo e deixe dourar. Se não estiver com vontade de fazer o pão, não faça! É necessário que haja um profundo sentimento de gratidão quando estiver sovando a massa, afinal, o pão é o mais sagrado e antigos dos alimentos e merece todo o nosso respeito.

Se desejar, depois de frio, coloque um dos pães em embalagem plástica e congele. Quando for consumir, é só retirar do saco plástico, envolver em um pano de prato e deixar em temperatura ambiente que o pão ficará fresquinho.


E pode reaquecê-lo antes de servir, mas é necessário primeiro descongelar, ok? Bom apetite!

Troca de natal 2

Olá, meninas! Finalmente minha segunda caixinha da troca Trama Mágica chegou! Minha amiga Eliana Lima me surpreendeu novamente, sendo minha amiga secreta pelo segundo ano consecutivo! Desta vez, a mineirinha danada me mandou um cachecol fofíssimo, um agulheiro e uma toalha de rosto com patch. Adorei tudo, pois ela já sabe exatamente do que eu gosto! Adoro estas troquinhas... Obrigada, amiga, você é 10!

terça-feira, 5 de janeiro de 2010

Pãozinho de polvilho

Olá, pessoal!
Não pensem que assisti ao filme Julia e Julie, não... Mas comecei o ano com vontade de fazer muitas e muitas receitas mais saudáveis, ecologicamente corretas e com isso, praticar um pouco mais de cidadania e gastar menos! Já faço umas comidinhas menos tradicionais desde 2003, quando fiz umas aulas de cozinha vegetariana com a autora do livro Vegetarianismo Sustentando a Vida, a Maria Laura Garcia Packer (ver foto abaixo), quando eu ainda morava em Joinville. De lá para cá, meus hábitos alimentares mudaram um pouco, não nego, mas ainda está bem longe do que eu chamo de "ideal". O livro que vai me guiar na cozinha por uns tempos é este aí e esta receita está na página 130.

Para fazê-los é bem simples e os ingredientes todo mundo tem em casa: 1 e 1/2 copos de polvilho azedo, 03 colheres de sopa de coco ralado seco, 1 e 1/2 colher de chá de erva doce, 4 colheres de sopa de óleo de girassol, 1 colher de chá de sal e 01 copo de água fervendo. O copo medida é o de requeijão. Misture tudo e por último, acrescente a água fervente para escaldar o polvilho e mexa bem com colher de pau. Ainda quente, amasse com as mãos até desgrudar. Fica uma massa bem macia.

Espalhe-os na assadeira, pois crescem bastante! Asse-os em forno quente por aproximadamente 20 minutos ou até dourarem levemente e cuidado para não queimar.O rendimento é de aproximadamente 30 pãezinhos. É fonte de energia e é delicioso com um chá bem gelado neste nosso calor de verão!
Até a próxima!!!
P.S.: Desculpem-me, mas esqueci de fotografá-los depois de assados, hihihihihi!

domingo, 3 de janeiro de 2010

Cara nova ao chinelo novo!

Bem, aqui está o presente da minha amiga Cris Bulhões uma pessoa bem bacana e que assim como eu, curte bastante trabalhos manuais. Tem um link no nome dela, que levará você até o blog em que ela, com seus textos mirabolantes, sempre nos deixa um pensamento para ser moído e remoído. Passe lá e comprove!

Estes chinelos são novos e receberam as flores de fuxico pra incrementar o visual e sair da mesmice dos cansados chinelos de verão, que sempre vem com a mesma cara...